Pr Orimar Carneiro

Pr Orimar Carneiro

Pastor no MiR PBS

MiR Parauapebas

Texto:   2 Coríntios 3:18 

INTRODUÇÃO

Levar o homem a buscar uma mudança de vida é o maior desejo do coração de Deus. Saiba que você, por si só, não conseguirá essa mudança. Só Jesus pode transformar a vida de um homem. Jesus é a verdade que transforma. O crescimento espiritual é o processo pelo qual substituímos as mentiras pelas verdades. Jesus fez a seguinte oração: “Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade.” (João 17.17). 

1.  DEUS NOS AMOU PRIMEIRO (I João 4.19)

Deus nos amou desde o princípio, quando nos criou. O que temos que fazer é reconhecer isso. Quando aceitamos esta condição e nos rendemos a esse amor, somos salvos por Ele e recebemos o perdão dos nossos pecados, mediante nossa confissão real e arrependimento genuíno. Então passamos a nos purificar em todo o tempo, a reconhecer os nossos pecados e pedir perdão a Deus por meio de Jesus Cristo, nosso Mediador (Hb. 9.15). Assim vamos buscando, cada vez mais, a santidade, conforme nos diz a Palavra: “Portanto santificai-vos e sede santos, pois eu sou o Senhor vosso Deus” (Levítico 20.7). Para isso, o Espírito Santo nos ensina a usar a Palavra a fim de nos tornar semelhantes ao Filho de Deus.

2.  A PALAVRA DE DEUS É VIDA (Romanos 6:23)

Para tornar semelhantes a Jesus, devemos preencher nossa vida com a Palavra, pois, por meio dela, fomos regenerados “não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, viva e que permanece para sempre” (1Pedro 1:23). A Palavra de Deus é diferente de qualquer outra, pois ela é, conforme disse Jesus, “espírito e vida” (João 6:63). Não podemos viver sem a Palavra de Deus. Ela é o alimento espiritual do qual devemos nos fortalecer para cumprirmos o Seu propósito. Devemos impregnar nossa mente com seus ensinamentos, de forma que o Espírito Santo possa nos transformar com a verdade. As bênçãos de Deus provêm da obediência à verdade, não apenas por conhecê-la, mas, também, por praticá-la (Mateus 7:24).


CONCLUSÃO

A Palavra de Deus é a Verdade, e somente essa Verdade é capaz de transformar, por completo, a vida do homem. Se você deseja ser transformado pela Palavra de Deus, tome, hoje mesmo, a decisão de receber Jesus no seu coração. Ele é a verdade que transforma e nos conduz à vida eterna. “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32). Declare agora: Jesus me transformou!

Marcado sob

Texto:   1Co 3:16-17; 6:19-20 

INTRODUÇÃO

A Bíblia diz que nós somos o templo do Espírito Santo de Deus. Isso significa que o próprio Deus, na pessoa do Espírito Santo, habita em nós. Precisamos entender, com muito temor, o que isso representa para nossa vida: Deus faz do nosso corpo a Sua Casa Favorita. 

1.  SOMOS TEMPLO DO ESPIRITO SANTO

A verdade de que somos realmente o templo do Espírito Santo de Deus, nos leva, primeiramente, para a forma como Deus manifesta a Sua presença na nossa vida cotidiana, o que implica vivermos em santidade diante do Senhor. A Palavra de Deus nos ensina a sermos santos e a preservar a santidade em nosso corpo. Para isso, precisamos matar as obras da carne que são manifestas, gerando o pecado “as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissenções, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias…” E, os “que cometem tais coisas, não herdarão o Reino de Deus”. (Gl 5:19-21). Isso deve ser um processo contínuo e diário que devemos colocar em prática. Não tem como preservar a presença de Deus em nossas vidas se não alimentarmos nosso espírito com a Palavra de Deus e com as coisas espirituais. Alimentar o nosso espírito é algo essencial para mantermos uma vida de intimidade e comunhão com o Senhor. À medida que nos relacionamos com Deus, o pecado e as concupiscências vão sendo mortificados. Devemos ter uma luta diária e um esforço constante da nossa parte em manter o nosso “espírito, alma e corpo, plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo” (1Tessalonicenses 5:23).

2.    SOMOS DO ESPÍRITO SANTO

O Templo era o local onde a presença de Deus habitava, no sentido de que Ele se manifestava, de tal forma, que todo o templo enchia-se com a nuvem da Sua Glória, “e não podiam ter-se em pé os sacerdotes para ministrar, por causa da nuvem, porque a glória do Senhor enchera a Casa do Senhor” (1Reis 8:10,11). Com a vinda de Jesus e o advento da nova aliança, bem como a descida do Espírito Santo, no Pentecostes (Atos 2:1-4), Deus passou a habitar no homem através do seu Espírito. “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1Co 6:19). Em Tiago 4:5, o Apóstolo nos alertando sobre os perigos de ser amigo do mundo o que consequentemente nos leva aos prazeres passageiros da carne, diz que, o Espírito Santos tem ciúme de nós. Que privilégio, só quem não se dá conta disso vive uma vida sem o cuidado de agradar a Deus.


CONCLUSÃO

Procuremos ser cheios do Espírito Santo todos os dias da nossa vida. Guardar-se de pecar é a melhor forma. O pecado costuma entrar pelas brechas que abrimos em nossas vidas. Um corpo que é templo do Espírito Santo não pode deixar-se contaminar por coisas profanas e que entristecem o coração do Senhor. Devemos, portanto, fazer a nossa parte, porque o nosso corpo é a Casa Favorita do Espírito Santo!

 

Marcado sob

Texto: Marcos 4.30-34
Introdução: Hoje veremos sobre o poder que há numa semente. O que um simples grão, aparentemente insignificante poderá se tornar depois de semeado em terra fértil. Queremos ministrar sobre o poder da Palavra de Deus na vida de quem a recebe com fé.


1 – A menor de todas as sementes

Jesus fez questão de escolher como exemplo para o seu ensino, a menor de todas as sementes. Apesar do seu tamanho, havia dentro dela um poder de crescimento e de multiplicação que se manifestaria gradativamente, até chegar à plena estatura.
Ele quer que as pessoas entendam que dentro da semente divina plantada no coração está embutido um poder de crescimento, e de multiplicação suficiente para todos os estágios da vida cristã, até a plena maturidade em Cristo. Toda a provisão para crescimento, desenvolvimento e expansão, está dentro da semente. Não podemos dizer que Deus nos tenha privado de qualquer elemento necessário ao nosso amadurecimento. Na Sua sabedoria infinita nos fez provisão por meio de Sua bendita Palavra (II Pe 1:2-3).

 

2 – A maior de todas as hortaliças

Como pode a menor de todas as sementes produzir uma árvore tão grande assim? Como já dissemos, dentro da semente estava determinado o que ela haveria de ser: uma grande árvore. Jesus está ilustrando o que Deus planejou para cada filho seu. Ele idealizou filhos maduros que refletissem a imagem de Seu Filho Jesus Cristo em todas as áreas de suas vidas. Filhos que sejam excelentes no caráter e cheios da unção, assim como grande é a árvore em questão.
O Senhor Jesus virá buscar uma grande Igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e irrepreensível (Ef 5.27). Ao mostrar a figura da grande árvore, Ele quis imprimir no coração de cada cristão a idéia de grandeza, de crescimento, de expansão e de multiplicação que cada crente começa a experimentar ao receber a genuína semente de Vida no coração.


3 – Um lugar de refúgio

Vieram as aves do céu para aninhar-se em sua sombra. Em outra ocasião, as aves do céu representavam os demônios que vinham para roubar a semeadura. Agora, porém, cremos que a figura esteja associada ao cumprimento satisfatório do que seria a missão da árvore: dar o seu devido fruto, enquanto oferece alento ao cansado e alimento ao faminto. Assim, cada árvore frondosa, seria para as aves do céu um lugar de repouso e de provisão.
 Cremos que Deus tem alimentado a visão do crescimento, não para benefício exclusivo do crente. Ele deseja que cada um de nós, por meio de nosso crescimento saudável em maturidade cristã, possa ser um porto seguro para todos os que passam cansados pela vida, e que necessitem de repouso e alimento espiritual. Assim é o cristão maduro e aperfeiçoado na Palavra para todo aquele que dele necessita (Mt 11.28-30).


Conclusão:

 Recebamos com mansidão a Palavra em nós enxertada, a qual é poderosa para salvar as nossas almas (Tg 1.21). Devemos manter a visão de que a semente de Deus em nossas vidas produzirá uma árvore frondosa e frutífera no caráter, na unção e na maturidade cristã. Devemos também orar para que, no nosso crescimento cristão possamos ser canais de refrigério e de provisão espiritual para todo aflito e cansado que chegar até nós.

Marcado sob

Programações

Blog do MiR PBS