27 Novembro 2018 Publicado em Células Escrito por 

Quatro Chaves para o Milagre

Avalie este item
(0 votos)

Texto: “Lucas 6:6-10

INTRODUÇÃO

Podemos ter áreas “mirradas” em nossas vidas, problemas que nos impedem de conquistar, que nos envergonham e entristecem, e até limitam nossa relação com as outras pessoas. Assim como esse homem da história bíblica, que tinha uma mão ressequida e precisava de um milagre, nós também, às vezes, precisamos. Mas, como conseguir que Deus aja e nos liberte das coisas que estão amarradas em nossas vidas?

  1. ESTANDO ONDE JESUS ESTÁ.

“Sucedeu que, em outro sábado, entrou ele na sinagoga e ensinava. Ora, achava-se ali um homem cuja mão direita estava ressequida” (v.6). Muitas pessoas buscam o milagre no lugar errado ou nem o buscam. Esse homem estava onde Jesus estava operando e, por isso, ele foi curado. E onde é que Jesus está? Ele está no meio de pessoas que o buscam, que se reúnem em seu nome, assim como na célula e na igreja (Mt 18.20). Não adianta buscá-lo no meio da idolatria ou em ambientes que conduzem ao pecado: “Eu sou o Senhor, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem, nem a minha honra, às imagens de escultura” (Is 42.8).

  1. VENCENDO OS PRECONCEITOS RELIGIOSOS.

“Os escribas e os fariseus observavam-no, procurando ver se ele faria uma cura no sábado, a fim de acharem de que o acusar” (v.7) – Por incrível que pareça, a religiosidade é um dos maiores empecilhos para que as pessoas tenham uma experiência com Deus. Esse homem, para ser curado, precisou enfrentar pessoas (religiosos que não queriam que ele abraçasse a fé e se tornasse um crente em Jesus) e preconceitos (ideias religiosas distorcidas, que não tinham respaldo na Palavra de Deus). Será que tudo o que você aprendeu sobre Jesus ou sobre Deus está na Bíblia, ou há muitos equívocos da religião?

  1. ASSUMINDO NOSSA FÉ EM JESUS.

 ”Mas ele, conhecendo-lhes os pensamentos, disse ao homem da mão ressequida: levanta-te e vem para o meio; e ele, levantando-se, permaneceu de pé” (v.8). Às vezes, queremos a bênção, mas não queremos assumir a nossa fé e obediência ao Senhor diante dos outros. Temos receio de ser rejeitados, ridicularizados ou taxados como “fanáticos”. No entanto, Deus só tem compromisso com quem assume compromisso com Ele: “Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus; mas aquele que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus” (Mt 10.32-33).

  1. RECONHECENDO NOSSAS LIMITAÇÕES.

“E, fitando todos ao redor, disse ao homem: Estende a mão. Ele assim o fez, e a mão lhe foi restaurada” (v.10). Aquele homem só foi curado quando expôs a sua vergonha, o seu problema. Da mesma maneira, quando se chega à igreja, é preciso ser humilde o suficiente para permitir que os líderes e irmãos saibam as áreas que necessitam de cura e, assim, através do quebrantamento e obediência, o Senhor transforme e mude o que é vergonhoso num grande testemunho: “Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados. A oração de uma pessoa obediente a Deus tem muito poder” (Tg 5.16).

CONCLUSÃO

Deus tem milagres para todos os homens todos os dias, como por exemplo; o sol, a chuva, e o ar que respiramos, mas, à semelhança do que Ele fazia com os discípulos lhes contando coisas, lhes revelando segredos, que não contava a todos, Ele também tem para os seus hoje milagres específicos que não acontecem na vida de todos, porque Ele é um Deus de aliança.

Ler 39 vezes
  • Pr Orimar Carneiro

    Pastor no MiR PBS

    MiR Parauapebas

    Website.: twitter.com/orimarcarneiro

    Deixe um comentário

    Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

    Programações

    Blog do MiR PBS