10 Fevereiro 2020 Publicado em Células Escrito por 

Gerados para uma Nova Vida

Avalie este item
(0 votos)

Texto: “Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas” (Tiago 1.18). 


INTRODUÇÃO:

A palavra de Deus diz que fomos gerados por sua vontade, ou seja, não foi um gesto da vontade humana, e sim, da exclusiva vontade do Criador. Isto, por si só demonstra o amor de Deus por nós.

1. Recebendo um Novo Coração.

Deus deixou a porta aberta para todo aquele que queira renascer na vida espiritual. Jesus disse que o novo nascimento implica no desprendimento das coisas materiais (Mc 10:21) e dos comportamentos afetados pelo pecado, para que o nosso espírito possa frutificar no reino espiritual: 

O Senhor disse por meio do profeta Ezequiel: “Também vos darei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. Ainda porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis as minhas ordenanças, e as observeis” (Ez 36.26-27).

Ninguém neste mundo poderá, jamais, ter dois corações ao mesmo tempo. Ninguém pode inclinar-se um pouco para Deus e um pouco para o pecado. Quem está do lado de Deus aborrece o pecado e, quem vive no pecado, não segue a Deus. A promessa de Deus é: “coração novo, espírito novo”. Quando isso acontece Deus remove de nós o coração duro e também o espírito rebelde. O espírito que recebemos é o Espírito do próprio Deus. O apóstolo Paulo compreendeu esse princípio quando disse: “Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o espírito de Deus habita em vós?”(1Coríntios 3:16). O Espírito de Deus é o único que nos ajuda a entender a Bíblia, o que nos dá força para obedecê-la, é o que prepara o ambiente para que as suas promessas se cumpram. 

2. Transformados para uma vida de santidade. 

Para alguns, é bastante difícil compreender as coisas de Deus. Foi o que aconteceu com Maria, quando um anjo lhe disse que ela iria conceber o Salvador do mundo. Ela perguntou: Como se fará isso, uma vez que não conheço varão?”. A resposta do anjo foi: “Virá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso o que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus” (Lucas 1.35). 

O Espírito Santo se faz presente em nós quando decidimos fazer parte da família de Deus vivendo uma vida de santidade. Ele atuará através da nossa fé na Palavra de Deus. Dessa maneira, pelo simples fato de crermos nas Escrituras e desejarmos que suas palavras se cumpram em nós, o Espírito Santo nos cobrirá com a Sua sombra e conceberá um ser santo, que nascerá em nossas vidas. Ou seja, Ele nos dará o direito legal de sermos também chamados filhos de Deus. (João 1:12).

CONCLUSÃO

O Senhor disse a Nicodemos: “O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito” (João 3.8). Isso significa que nossa vida, na verdade não nos pertence mais, e sim a Deus, que fará em nós a sua vontade.

Ler 93 vezes
  • Pr Orimar Carneiro

    Pastor no MiR PBS

    MiR Parauapebas

    Website.: twitter.com/orimarcarneiro

    Deixe um comentário

    Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

    MiR PARAUAPEBAS

    Programações

    Blog do MiR PARAUAPEBAS