16 Março 2020 Publicado em Células Escrito por 

A Importância da Comunhão

Avalie este item
(0 votos)

Texto: Sl 133

 “Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes. É como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre.”

Introdução:

 Temos a necessidade de vivermos unidos uns aos outros, porque só podemos ser edificados e abençoados se permanecermos juntos como um só corpo, “pois, ali o Senhor ordena a sua benção e a vida para sempre”.

1 - Vantagens de se viver em comunhão:
Somos protegidos - (Ec. 4:9-12).
Somos edificados mutuamente, isto é, uns aos outros - (Cl 3:16).

2 - Desvantagens de não se viver em comunhão:
Vivemos desprotegidos e sem cobertura  – At 5:1-2
Corremos o perigo de cair e não conseguir nos levantar – (Ec 4:10).
 

3 - Como manter-se em comunhão?
Unido a Deus através de Cristo. Este é o princípio espiritual de toda comunhão – (1 Jo 1: 5-7).
Unido à igreja, que é o corpo vivo de Cristo na terra, do qual ele é o cabeça – (Ef 1: 20-23).
Manter-se regularmente envolvido com os ministérios da igreja e sua visão, (GANHAR, CONSOLIDAR, DISCIPULAR E ENVIAR).

 


Conclusão:

Você se encontra em comunhão com Deus e com a igreja? Se alguém não está em comunhão com a igreja, pode estar em comunhão com Deus? Você se sente de fato envolvido e protegido no corpo de Cristo (igreja)?

Ler 110 vezes
  • Pr Orimar Carneiro

    Pastor no MiR PBS

    MiR Parauapebas

    Website.: twitter.com/orimarcarneiro
    Mais nesta categoria: « DESCENDO À CASA DO OLEIRO

    Deixe um comentário

    Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

    MiR PARAUAPEBAS

    Programações

    Blog do MiR PARAUAPEBAS