MiR PBS - Estudos para Crianças
Terça, 25 Fevereiro 2020 12:57

Um Ramo Frutífero

 Texto: João 15.1-6

INTRODUÇÃO

Um ramo frutífero é um ramo abundante em frutos, que se derrama em frutos e alegra o coração do lavrador ao ver a recompensa do seu trabalho. O fruto é, portanto, o resultado de um planejamento, de um preparo, de investimento, de cuidado, de amor. A época de colheitas é uma época de alegria em que os lavradores buscam seus cestos para enchê-los de frutos, uma vez que se dedicaram e investiram esforços para então colhê-los. A Bíblia diz que Deus é o Lavrador, Jesus é a videira e nós, seus discípulos, somos os ramos. Isso significa que há uma equipe trabalhando no cultivo da VINHA DO SENHOR. Desde o início da Criação podemos observar que Deus não trabalha sozinho, Ele trabalha em equipe (Gn 1.26). Veremos como se processa esse trabalho:  

1. DEUS É O LAVRADOR.  Jo 15.1 Nesse texto, Jesus diz: “Meu Pai é o lavrador”. A palavra lavrador significa aquele ‘que lavra a terra, que trabalha na lavoura, agricultor. A palavra “lavrar”, do lat. “laborare” quer dizer ‘ abrir sulcos na terra com arado, cultivar’. Enfim, o lavrador prepara a terra para o plantio e cultiva sua plantação. Conforme entendemos na Parábola do Semeador, o nosso coração é a terra que Deus prepara para o plantio da semente, que é a Sua Palavra.  Deus, o Lavrador, procura uma terra fértil para semear a Sua Palavra, isto é, uma terra adubada, fortalecida pelo Seu Poder, onde a Semente possa germinar crescer e frutificar. O Lavrador, além de preparar a terra, também limpa das pragas e poda os galhos secos dos arbustos para que estes se renovem e deem mais frutos. 

 

  1. JESUS É A VIDEIRA. Jo 15:1Jesus nos diz:Eu sou a videira verdadeira…”A videira, também chamada parreira, é uma planta trepadeira cultivada no mundo inteiro por seus deliciosos frutos, as uvas, dispostas em cachos que fermentam com facilidade originando o vinho. A videira, para que dê uma excelente qualidade de frutos, precisa ser bem cultivada e estar limpa de todas as pragas. Para darmos frutos de excelente qualidade para o Senhor, precisamos estar com o nosso coração limpo dos pecados e a nossa alma restaurada. Jesus é Santo e, por essa razão, somos santificados na verdade (Jo 17:19). 
  2. NÓS SOMOS OS RAMOS DA VIDEIRA. Jo 15:5Os ramos de uma planta ou as varas são a parte do vegetal que frutifica. Jesus declara assim:Toda vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto”. Deus, o Lavrador, nos limpa através da Sua Palavra. Jesus disse aos discípulos que estavam com Ele: “Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado” (J0 15.3). Aqueles que permanecem na Presença de Deus, ouvindo e guardando a Sua Palavra, estão sendo limpos, pois estão passando pela lavagem das águas do Espírito Santo (Tt 3.5) Quando já estamos limpos pela Palavra, devemos ter cuidado para não nos contaminar, voltando ao pecado, ouvindo maledicência.

CONCLUSÃO:

 Nós, como ramos da Videira, isto é discípulos de Jesus, fazemos parte da Sua equipe de trabalho. Sejamos como membros ativos da equipe de Deus. Deus conhece cada coração e não permite engano na Sua Casa. Portanto, sejamos ramos frutíferos, trazendo outras pessoas para também se tornarem ramos frutíferos na Vinha de Deus. Amém!

Publicado em Células
Segunda, 17 Fevereiro 2020 09:35

SEJA FEITA A VONTADE DE DEUS

Texto:  Mateus 6:9-10 e Salmos 40:8

INTRODUÇÃO

“Seja feita a tua vontade”. Se de todo coração declararmos ao Senhor estas palavras, seremos imbatíveis em todos os tipos de tentações, provações e adversidades, pois o Senhor nos dará o escape. Usando o poder dessas palavras, triunfaremos sobre o poder das trevas e encontraremos descanso e conforto para nossas almas. Nisso, o nosso Deus será glorificado. Não há como conhecer a Deus sem receber o seu Filho como Senhor e Salvador, fazer a Sua vontade e conhecer a Sua Palavra. Jesus disse: “Ninguém vem ao Pai a não ser por mim” (João 14:6). Jesus é a Palavra.

2.  ENTENDENDO A VONTADE DE DEUS. 

Uma das coisas mais necessárias na nossa caminhada cristã é entender qual a vontade de Deus para nossas vidas. Sabemos que Ele tem o melhor para nós, mas, às vezes, não sabemos como tomar as decisões corretas e isso pode nos trazer sérias consequências. Talvez, para você seja angustiante tentar descobrir se é da vontade de Deus começar ou terminar um relacionamento, fazer este ou aquele curso na faculdade, sair ou ficar em tal emprego, fazer ou não aquele negócio etc. Para tudo isso, precisamos buscar a Deus, em oração, a fim de sabermos qual a Sua vontade. Vemos na Bíblia que a vontade de Deus está acima de qualquer situação ou vontade humana, por isso podemos confiar plenamente na Sua perfeita vontade, pois os Seus planos nunca serão frustrados (Jó 42:2). Tudo que devemos fazer é vivermos em obediência ao Senhor. Há momentos, em que realmente ficamos confusos e não conseguimos enxergar claramente a vontade de Deus. Por isso precisamos orar antes de tomar qualquer decisão. A oração faz com que nosso coração se alinhe ao de Deus e, assim, podemos conhecer qual a Sua vontade para nossos projetos e sonhos.

2.  A VONTADE DE DEUS REVELADA.

Na Bíblia, está revelada toda a vontade de Deus para cada área de nossas vidas. Ela é a fonte mais confiável de todas e é onde podemos ouvir a voz de Deus, pois ela foi inspirada pelo Espírito Santo e não por ideias humanas (2 Pedro 1:20-21 e 2 Timóteo 3:16). A Bíblia diz que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. Mas, para experimentá-la, precisamos renovar a nossa mente com a Sua Palavra (Rm 12:2) e agir conforme ela nos ensina. Assim, com o passar do tempo, veremos que Deus fará todas as coisas cooperarem para o nosso bem. Portanto, saibamos esperar o Seu tempo, pois Ele sempre tem o melhor para nós.

 

 CONCLUSÃO:

Deus é perfeito em tudo que faz. Ele sabe exatamente do que precisamos para nos tornarmos pessoas melhores. Para vivermos a Sua vontade, às vezes será necessário abrirmos mão do nosso conforto, dos nossos planos e das nossas próprias vontades. Obediência é o primeiro passo para entendermos a perfeita vontade do Senhor.

Publicado em Células
Segunda, 10 Fevereiro 2020 10:53

Gerados para uma Nova Vida

Texto: “Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas” (Tiago 1.18). 


INTRODUÇÃO:

A palavra de Deus diz que fomos gerados por sua vontade, ou seja, não foi um gesto da vontade humana, e sim, da exclusiva vontade do Criador. Isto, por si só demonstra o amor de Deus por nós.

1. Recebendo um Novo Coração.

Deus deixou a porta aberta para todo aquele que queira renascer na vida espiritual. Jesus disse que o novo nascimento implica no desprendimento das coisas materiais (Mc 10:21) e dos comportamentos afetados pelo pecado, para que o nosso espírito possa frutificar no reino espiritual: 

O Senhor disse por meio do profeta Ezequiel: “Também vos darei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. Ainda porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis as minhas ordenanças, e as observeis” (Ez 36.26-27).

Ninguém neste mundo poderá, jamais, ter dois corações ao mesmo tempo. Ninguém pode inclinar-se um pouco para Deus e um pouco para o pecado. Quem está do lado de Deus aborrece o pecado e, quem vive no pecado, não segue a Deus. A promessa de Deus é: “coração novo, espírito novo”. Quando isso acontece Deus remove de nós o coração duro e também o espírito rebelde. O espírito que recebemos é o Espírito do próprio Deus. O apóstolo Paulo compreendeu esse princípio quando disse: “Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o espírito de Deus habita em vós?”(1Coríntios 3:16). O Espírito de Deus é o único que nos ajuda a entender a Bíblia, o que nos dá força para obedecê-la, é o que prepara o ambiente para que as suas promessas se cumpram. 

2. Transformados para uma vida de santidade. 

Para alguns, é bastante difícil compreender as coisas de Deus. Foi o que aconteceu com Maria, quando um anjo lhe disse que ela iria conceber o Salvador do mundo. Ela perguntou: Como se fará isso, uma vez que não conheço varão?”. A resposta do anjo foi: “Virá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso o que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus” (Lucas 1.35). 

O Espírito Santo se faz presente em nós quando decidimos fazer parte da família de Deus vivendo uma vida de santidade. Ele atuará através da nossa fé na Palavra de Deus. Dessa maneira, pelo simples fato de crermos nas Escrituras e desejarmos que suas palavras se cumpram em nós, o Espírito Santo nos cobrirá com a Sua sombra e conceberá um ser santo, que nascerá em nossas vidas. Ou seja, Ele nos dará o direito legal de sermos também chamados filhos de Deus. (João 1:12).

CONCLUSÃO

O Senhor disse a Nicodemos: “O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito” (João 3.8). Isso significa que nossa vida, na verdade não nos pertence mais, e sim a Deus, que fará em nós a sua vontade.

Publicado em Células
Segunda, 03 Fevereiro 2020 10:38

Transformados pelo Novo Nascimento

Texto:  Respondeu Jesus: Em verdade em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus” (João 3:5).

INTRODUÇÃO

O novo nascimento é um ato exclusivo de Deus na vida do homem, transformando sua inclinação ao mal em uma disposição para fazer o bem, capacitando-o, através do Espírito Santo, a fazer aquilo que é correto diante dele. A verdade é que o homem precisa nascer de novo, isto é, passar pela transformação de sua vida. 

1. O LÍVRE ARBÍTRIO.

Em Sua infinita sabedoria, Deus, o Criador do Universo, desejou que tudo fosse governado por leis, tanto no reino espiritual como no reino natural. Por isso, ao dar forma e vida ao homem, condicionou sua benção à exclusiva obediência à Sua Palavra (Is 1:19). Apesar de ter sido muito generoso com o primeiro casal, dando-lhes todas as coisas em abundância, Deus estabeleceu um limite que eles não deveriam ultrapassar: o Senhor não queria que o homem lhe obedecesse mecanicamente, como um robô. Ele desejava que o homem o fizesse por vontade própria, utilizando a plena liberdade de escolha que lhe concedera.

2.  O NOVO NASCIMENTO É PARA TODOS.

Nicodemos era um homem muito respeitado em sua época, dedicado a ensinar a lei tanto a líderes religiosos como ao povo em geral. Certa noite, Nicodemos procurou Jesus, dizendo: Rabi, sabemos que és mestre, vindo de Deus; pois ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.  (João 3:2-3), Se o Senhor tivesse dito isso a Zaqueu, que era cobrador de impostos ou a Maria Madalena, que havia cometido adultério ou talvez ao ladrão que estava pendurado ao Seu lado na cruz, é muito provável que nossa capacidade humana e finita conseguisse compreendê-lo. Notemos, porém, que Jesus disse isso a uma autoridade espiritual entre os judeus, o que significa que todos nós, sem importar nossa condição social, precisamos “nascer de novo”.

3. O NOVO NASCIMENTO.

Assim como viemos ao mundo através de um nascimento físico, do mesmo modo precisamos experimentar também um nascimento espiritual a fim de que possamos entrar no mundo celestial. O novo nascimento só acontece quando recebemos Jesus em nosso coração, como único Senhor e Salvador. Esse novo nascimento é produzido diretamente pelo Espírito Santo que, através da fé, concebe o espírito de vida ao novo homem. O nascimento físico é apenas um passo que deve nos conduzir ao seguinte, ou seja, o nascimento da nossa natureza espiritual. Quando isso acontece, adquirimos o direito de sermos feitos e chamados filhos de Deus. Neste instante, nossos olhos espirituais se abrem e podemos discernir claramente o reino dos céus.

CONCLUSÃO

Jesus disse que somente quem nasce de novo pode entrar no Reino de Deus. O novo nascimento acontece quando o homem recebe Jesus como seu Senhor e Salvador.

Publicado em Células
Segunda, 03 Fevereiro 2020 10:38

Transformados pelo Novo Nascimento

Texto:  Respondeu Jesus: Em verdade em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus” (João 3:5).

INTRODUÇÃO

O novo nascimento é um ato exclusivo de Deus na vida do homem, transformando sua inclinação ao mal em uma disposição para fazer o bem, capacitando-o, através do Espírito Santo, a fazer aquilo que é correto diante dele. A verdade é que o homem precisa nascer de novo, isto é, passar pela transformação de sua vida. 

1. O LÍVRE ARBÍTRIO.

Em Sua infinita sabedoria, Deus, o Criador do Universo, desejou que tudo fosse governado por leis, tanto no reino espiritual como no reino natural. Por isso, ao dar forma e vida ao homem, condicionou sua benção à exclusiva obediência à Sua Palavra (Is 1:19). Apesar de ter sido muito generoso com o primeiro casal, dando-lhes todas as coisas em abundância, Deus estabeleceu um limite que eles não deveriam ultrapassar: o Senhor não queria que o homem lhe obedecesse mecanicamente, como um robô. Ele desejava que o homem o fizesse por vontade própria, utilizando a plena liberdade de escolha que lhe concedera.

2.  O NOVO NASCIMENTO É PARA TODOS.

Nicodemos era um homem muito respeitado em sua época, dedicado a ensinar a lei tanto a líderes religiosos como ao povo em geral. Certa noite, Nicodemos procurou Jesus, dizendo: Rabi, sabemos que és mestre, vindo de Deus; pois ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.  (João 3:2-3), Se o Senhor tivesse dito isso a Zaqueu, que era cobrador de impostos ou a Maria Madalena, que havia cometido adultério ou talvez ao ladrão que estava pendurado ao Seu lado na cruz, é muito provável que nossa capacidade humana e finita conseguisse compreendê-lo. Notemos, porém, que Jesus disse isso a uma autoridade espiritual entre os judeus, o que significa que todos nós, sem importar nossa condição social, precisamos “nascer de novo”.

3. O NOVO NASCIMENTO.

Assim como viemos ao mundo através de um nascimento físico, do mesmo modo precisamos experimentar também um nascimento espiritual a fim de que possamos entrar no mundo celestial. O novo nascimento só acontece quando recebemos Jesus em nosso coração, como único Senhor e Salvador. Esse novo nascimento é produzido diretamente pelo Espírito Santo que, através da fé, concebe o espírito de vida ao novo homem. O nascimento físico é apenas um passo que deve nos conduzir ao seguinte, ou seja, o nascimento da nossa natureza espiritual. Quando isso acontece, adquirimos o direito de sermos feitos e chamados filhos de Deus. Neste instante, nossos olhos espirituais se abrem e podemos discernir claramente o reino dos céus.

CONCLUSÃO

Jesus disse que somente quem nasce de novo pode entrar no Reino de Deus. O novo nascimento acontece quando o homem recebe Jesus como seu Senhor e Salvador.

Publicado em Células

MiR PARAUAPEBAS

Programações

Blog do MiR PARAUAPEBAS