MiR PBS - Blog
Segunda, 16 Março 2020 09:25

A Importância da Comunhão

Texto: Sl 133

 “Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes. É como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre.”

Introdução:

 Temos a necessidade de vivermos unidos uns aos outros, porque só podemos ser edificados e abençoados se permanecermos juntos como um só corpo, “pois, ali o Senhor ordena a sua benção e a vida para sempre”.

1 - Vantagens de se viver em comunhão:
Somos protegidos - (Ec. 4:9-12).
Somos edificados mutuamente, isto é, uns aos outros - (Cl 3:16).

2 - Desvantagens de não se viver em comunhão:
Vivemos desprotegidos e sem cobertura  – At 5:1-2
Corremos o perigo de cair e não conseguir nos levantar – (Ec 4:10).
 

3 - Como manter-se em comunhão?
Unido a Deus através de Cristo. Este é o princípio espiritual de toda comunhão – (1 Jo 1: 5-7).
Unido à igreja, que é o corpo vivo de Cristo na terra, do qual ele é o cabeça – (Ef 1: 20-23).
Manter-se regularmente envolvido com os ministérios da igreja e sua visão, (GANHAR, CONSOLIDAR, DISCIPULAR E ENVIAR).

 


Conclusão:

Você se encontra em comunhão com Deus e com a igreja? Se alguém não está em comunhão com a igreja, pode estar em comunhão com Deus? Você se sente de fato envolvido e protegido no corpo de Cristo (igreja)?

Publicado em Células
Segunda, 09 Março 2020 09:42

DESCENDO À CASA DO OLEIRO

Texto: JEREMIAS 18:1-2

 

INTRODUÇÃO

Há momentos em que precisamos descer à presença de Deus e nos humilhar, esvaziando-nos de nós mesmos, deixando o nosso EU, reconhecendo que somos pecadores e que precisamos de uma transformação em nossas vidas.  Com certeza, sem o reconhecimento dos nossos erros e o arrependimento dos nossos pecados, não haverá transformação de forma nenhuma, Isso implica negar a nós mesmos e tomar a nossa cruz para seguirmos os passos de Jesus (Marcos 8:34). Para vencermos as nossas lutas precisamos dar lugar a Deus para operar a transformação em nosso caráter. Quão confortante é sabermos que temos um Pai que cuida dos Seus filhos! Mesmo com nossas fraquezas, somos a Sua imagem e semelhança e Ele soprou sobre nós o fôlego de vida, dando-nos o Seu Espírito (Gênesis 2:7). 

1.  DESCENDO À CASA DO OLEIRO

Como somos vasos de barro, não podemos sair das mãos do Oleiro que, constantemente, está nos moldando de acordo com a Sua vontade para nos transformar em vasos de honra. Assim como Ele quer nos moldar, também deseja moldar nossos amigos e familiares, salvando toda a nossa casa, conforme está escrito na Sua Palavra (At 16:31)

Para descermos à casa do oleiro a fim de sermos moldados por Ele, precisamos deixar as influências e as contaminações do mundo.

2.  APRENDENDO COM O OLEIRO 

O que podemos aprender com a Palavra de Deus ao nos pedir para descermos à Casa do Oleiro?  Primeiro: Deus é amor e ama a todos de modo incondicional.  Ele é paciente, longânimo e benigno para com seus filhos e sempre nos dá oportunidades para   pensar, refletir e decidir voltar para Ele. Segundo: Deus sempre respeita o nosso livre arbítrio e nos dá a liberdade para escolhermos o nosso futuro.   Podemos escolher a bênção ou a maldição, bem como, o arrependimento ou continuarmos no pecado. A Escolha é nossa. Terceiro: Deus sempre está disposto a nos dar uma segunda chance, ainda que tenhamos ferido o Seu coração com nossos pecados.  Quarto: O Espírito Santo, que nos convence do pecado, da justiça e do juízo sempre nos avisa o que   precisamos fazer, e nos ajuda a vencer as nossas lutas. Cabe a nós escutá-lo e obedecê-lo.

CONCLUSÃO

Deus quer nos encher para que a excelência do Poder seja d’Ele e não nossa (2Corintios 4:7). É preciso nos esvaziarmos de tudo que não agrada ao nosso Deus para que Ele nos transforme a cada dia. O que nos falta é deixarmos de sermos nós mesmos, pois “já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” (Gálatas 2:20).

Publicado em Células
Segunda, 02 Março 2020 10:00

TRANSFORMADOS PELA PALAVRA

Texto:  JOÃO 8:32

INTRODUÇÃO

Fomos criados por Deus para nos tornar semelhantes a Cristo. Precisamos mais do que o pão que nos alimenta o corpo, precisamos nos alimentar todos os dias da Palavra de Deus que nos transforma, edifica e santifica. Ela é espírito e vida (João 6:63). Por meio da Palavra, somos moldados para vivermos os princípios de Deus e as bênçãos que Ele já nos preparou desde a fundação do mundo. Ela nos possibilita ver as áreas da nossa vida que precisam passar por uma transformação verdadeira. 

1.   A VERDADE QUE LIBERTA

A Palavra Deus é a verdade e somente essa verdade é capaz de nos libertar e transformar nossa vida por completo (João 8:32). Ela gera vida, produz a fé, promove mudanças, afugenta o Diabo, realiza milagres, cura enfermos, transforma o caráter, muda as circunstâncias, supera as adversidades, vence as tentações, transforma nossa mente e nos garante a Salvação Eterna pois Cristo Jesus. Não podemos viver sem a Palavra de Deus. Ela é o alimento espiritual do qual nós devemos nos alimentar para que seja cumprido o propósito para o qual fomos criados. Deixemos, então, que a Palavra traga vida ao nosso homem interior, pois ela nos confronta, mostrando em que área precisamos ser transformados, nos fazendo, assim, entender a perfeita vontade de Deus. Mesmo que sejamos simples vasos de barro, Deus decidiu habitar em nós, através da presença do Espírito Santo que nos ajuda na jornada da transformação das nossas vidas.

2.   A VERDADE QUE TRASFORMA

Devemos nos apegar à Palavra e fazermos dela o nosso alicerce e o alimento de todos os dias. Deixar que ela mostre as nossas fraquezas e nos conduza pelo Caminho Eterno (Salmos139:24). Enquanto seguimos a Jesus e vivemos a Sua Palavra, somos transformados “de glória em glória, na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor” (2Co 3:18). A Palavra de Deus é a verdade que transforma, pois ela é lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho (Salmos 119:105). Deixemos que os pensamentos de Deus e o poder da Sua Palavra inundem o nossos corações. Ele vai nos mostrar quem somos e o que quer de cada um de nós.

CONCLUSÃO

Deus não espera que sejamos perfeitos para nos amar. Ele espera que o busquemos de todo nosso coração, confessando os nossos pecados e nos arrependendo de todos eles. Seu amor e perdão é o que nos ajuda a sermos pessoas transformadas. O Espírito Santo trabalha no mais profundo do nosso interior e nos revela os planos de Deus para nossas vidas, pois Ele “penetra todas as coisas, até mesmo as profundezas de Deus” (1Co 2:10).  Jesus é a Verdade que transforma. “E conhecerei a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:12).

Publicado em Células

MiR PARAUAPEBAS

Programações

Blog do MiR PARAUAPEBAS